Pneus


    O pneu é a única parte do veículo que entra em contato direto com o solo, pneus em boas condições são críticos para a sua segurança e de sua família.


Sinais que seu carro precisa de pneus novos

  • Puxando para um dos lados enquanto dirige.
  • Vibração em altas velocidades.
  • Batendo em baixas velocidades.
  • Carro derrapa ao freiar.

Como ler o pneu
    Leitura da Medida do Pneu.
Exemplo de medida: 175/70 R 13 82T.

  • 175: Indica a largura nominal da secção do pneu, em milímetros.
  • 70: Esse número indica a série ou o perfil do pneu, isto é, a relação percentual entre a altura e a largura da secção do pneu. Quanto menor for esse número, mais baixo será o perfil do pneu, ou seja, um pneu da série 60 (195/60R14) tem um perfil mais baixo e uma aparência mais larga do que um pneu da série 70, e assim sucessivamente.
  • R: Indica que o pneu é de construção radial.
  • 13: Indica o diâmetro interno do pneu, em polegadas (= diâmetro do aro).
  • 82: O número, neste caso específico 82, é chamado de Índice de Carga, isto é, indica a capacidade de carga máxima que o pneu pode suportar (vide tabela na página 20).
  • T: A letra, neste caso específico T, significa Símbolo de Velocidade e indica a velocidade máxima a que o pneu pode ser submetido (vide tabela).

Como saber a idade do pneu
    Para saber a idade ou data de fabricação do seu pneu será necessário ler o código DOT que vem estampado no seu pneu. DOT (Department of Transportation), informa que o pneu está conforme os regulamentos DOT dos Estados Unidos. O código começa com as letras DOT seguido por duas letras e o número que representa a fábrica onde foi produzido. Depois deverá conter uma sequência numérica de quatro dígitos como mostra a imagem:


Na imagem mostra um pneu com DOT terminado em 0410, ou seja, fabricado na 4º(quarta) semana do ano de 2010.

Quantos anos de garantia tem um pneu?
    O tempo de garantia de um pneu é de 5 anos tendo início na data da emissão da Nota Fiscal de compra. Para fazer uso da garantia será necessário estar de acordo com o termos de garantia do fabricante e estar de posse da Nota Fiscal de compra, sem a Nota, o prazo de garantia passará a ser contado a partir da data de fabricação do pneu.


Como saber se está na hora de trocar meu pneu
    Segundo a Resolução 558/80 do Contran, carros equipados com pneus que apresentem uma profundidade de sulco inferior a 1,6mm estão em situação irregular e podem ser apreendidos, pois estão carecas e têm a sua segurança comprometida. As consequências podem ser:

  • Maior risco de estouro do pneu.
  • Instabilidade do veículo em pistas molhadas, devido à aquaplanagem.
  • Aumento da possibilidade de derrapar, principalmente em curvas.
  • O veículo solicita um maior espaço para executar uma frenagem segura.
  • O veículo poderá ser apreendido se parado numa inspeção policial.

Todo pneu contém o TWI(Tread Wear Indicator), são barrinhas elevadas entre o desenho do pneu como mostra a imagem abaixo:


O TWI serve para indicar o limite máximo de desgaste do pneu(1,6mm).

Duração do pneu
    O tempo de vida de um pneu é medido por sua quilometragem, tendo isso como base é importante considerar que o tipo de piso, modo de condução, calibragem correta, temperatura, acompanhamento técnico (alinhamento/balanceamentos/rodizios), serão fatores determinantes para um melhor rendimento quilométrico.


Velocidade máxima do pneu
    Para encontrar a velocidade máxima recomendada pelo fabricante do pneu basta localizar a letra indicativa que fica próxima do código de medida do pneu. Verifique a tabela:


Peso suportado pelo pneu
    Para encontrar o peso máximo recomendado pelo fabricante do pneu será necessário consultar a tabela de índice de carga, para isso terá de localizar no pneu o código correspondente a este índice, ele fica junto ao código de medida do pneu e de velocidade. Confira na tabela abaixo:


Calibragem dos Pneus
    A calibragem é um item determinado pela montadora do veículo, de acordo com os testes que faz durante a homologação do pneu, portanto, para saber a calibragem correta, consulte o manual do proprietário ou a fabricante do veículo.

Veja a seguir as consequências da pressão de ar fora das especificações.
Assim como para nós humanos, a pressão também é importante para os pneus, pois se usada de forma incorreta, afeta o desgaste e consequentemente a sua vida útil.

O que é baixa pressão? O que acontece com o pneu?
Baixa pressão é a falta de ar dentro do pneu. Com isso, o pneu terá sua área de contato com o solo alterado, o que provocará um desgaste acelerado e irregular da banda na área dos ombros, reduzindo a sua durabilidade e aumentando o consumo de combustível. Outras consequências: superaquecimento, quebras e separações dos componentes da estrutura do pneu.

E a alta pressão?
O excesso de pressão também altera a área de contato do pneu com o solo, ocasionando também um desgaste acelerado, desta vez, no centro da banda de rodagem, encurtando a vida útil do pneu.

Calibragem com Nitrogênio
O nitrogênio apresenta menor alteração de pressão e temperatura após longos percursos, podendo aumentar a vida útil do pneu (perceptível mais em pneus de caminhão devido ao maior tempo de rodagem e temperaturas, mas claro, dependendo das condições de uso).
Usando nitrogênio, deve-se utilizar a mesma pressão recomendada para o ar comprimido.
Pode-se misturar o nitrogênio com o ar comprimido, porém misturando os gases, haverá perda de algumas vantagens físicas do nitrogênio.
É recomendável que o usuário utilize um ou outro gás.


Redes Sociais